24.9.06

Já não há pachorra...


Não há maneira de lhe fazerem uma coisa daquelas que os EUA faziam pela calada(porque agora é às claras) nos anos 70/80 e que mudavam governos e estes gajos nunca mais apareciam e não tínhamos que os aturar mais?
Este gajo quer perpetuar-se no poleiro e anda a tratar disso...
Não há quem aguente este animal de estimação de Castro!

3 comentários:

Irritadinha disse...

Este senhor é um grande humorista. Quem mais durante um telejornal entre as noticias de mortes e desatares naturais no põe a rir? A chamar bebado entre outras coisas ao Bush. Não concordo com a ideologia politica que ele segue, caso ele siga alguma, logo não concordo com certas atitudes. Agora das duas uma: ou o tipo é passado dos carretos ou tem-nos lá bem no sítio, porque alguem que chama tudo ao Bush pela televisão... Ele diz-lhe tudo o que meio mundo desejava dizer ao Sr. Bush. É que até o Fidel consegue ser mais brando.

rps disse...

De facto, não há. É um cabotino.

everything in its right place disse...

meus amigos, eu acho que não há pachorra é para o mister danger...